Take a fresh look at your lifestyle.

Como a hipnose pode ajudar a melhorar a autoestima

Aumente sua autoestima e autoconfiança!

0 68

Aumentar a autoestima e tratamentos relacionados a depressão são os mais procurados quando se trata da hipnose.

Muitos pacientes de hipnose geralmente conseguem uma melhora no estado emocional, o que reflete na autoestima e autoconfiança.

É muito comum notar que pessoas com a autoestima mais alta geralmente trazem consigo uma qualidade de vida melhor, assim como uma melhor vida financeira e amorosa.

Geralmente pessoas que tem “apenas” a autoestima baixa não buscam por terapia, pois elas veem isso como um problema “simples” e que não precisa de ajuda, essas pessoas geralmente optam por realizar procedimentos em clínicas estéticas para sanar esse problema, o que nem sempre ocorre.

Como a hipnose pode ajudar a melhorar a autoestima
Como a hipnose pode ajudar a melhorar a autoestima

Quando a autoestima é trabalhada por meio da hipnose, o resultado tende a ser potencializado pela melhora na percepção da realidade, criando parâmetros de comparação que motivem o paciente.

A atitude mental e a percepção que o paciente tem de si mesmo é fundamental para que ele não se sabote por causa da autoestima, isso está relacionado diretamente a percepção da realidade.

Como a atitude mental pode aumentar a autoestima

As pessoas tendem a buscar pela terapia quando sentem que não estão mais no controle de suas vidas.

A terapia é ótima não só para tratar esses casos como também é uma ótima forma de prevenção de doenças mentais, como a depressão. A hipnose tem muito a contribuir nesse sentido.

Diferente do que foi dito, a hipnose não é voltada somente para resolver problemas. Ela também pode ser usada para melhorar ou potencializar a qualidade de vida em diferentes aspectos.

Por exemplo, um empresário, dono de uma vidraçaria poderia melhorar sua autoestima para poder vender mais, ou dar um feedback melhor aos clientes. Em contrapartida, uma pessoa que estuda para concursos pode usar da hipnose para melhorar sua memória e concentração.

Observar os pensamentos automáticos é uma das melhores ferramentas para melhorar a autoestima, pensamentos automáticos são aqueles que surgem sem motivo aparente, e que geralmente são negativos.

A baixa autoestima se torna um hábito, é como um abismo em que o indivíduo vai cada vez mais ao fundo, até que em algum momento comece a se auto sabotar ou a desenvolver uma depressão ou ansiedade.

Isso ocorre de forma tão gradual e automática que a pessoa não percebe.

A distorção da autoimagem é muito comum nesses casos, quando você se vê de forma negativa geralmente tende a ter atitudes negativas relacionadas a você. Fazendo com que a regressão ocorra cada vez mais forte.

Identificar esses padrões de comportamento é fundamental para sair desse ciclo.

Esse tipo de atitude pode ter origem em diversas situações, influencia familiar, relacionamentos abusivos, infância conturbada ou sem referência e etc.

3 pilares da autoconfiança

Existem três pilares para que uma pessoa seja mais autoconfiante, são eles:

Autopercepção

Conhecer a si mesmo, saber das suas habilidades e em que você é bom e em que você não desempenha tão bem te ajuda a saber dos seus limites.

Crenças

Uma crença é uma convicção firme, de acordo com a PNL (Programação Neurolinguísticas) todos nós temos um conjunto de crenças, que moldam nosso caráter, personalidade e atitudes.

Existem dois tipos de crenças, as limitantes e as fortalecedoras. Como o nome já diz, algumas limitam ou prejudicam e outras fortalecem e te levam ao sucesso.

Diálogo interno

Você conversa consigo mesmo? O tom de voz que você usa consigo diz muito sobre você, mesmo se esse diálogo for mental.

Muitas pessoas vivem um conflito interno, o que também é conhecido como sabotador de autoconfiança, seja por exigência ou intolerância.

Conclusão

Conheça seus pontos fracos e fortes, registre seus feitos e tenha sempre um plano para cada área da sua vida.

Lembre-se, antes de utilizar a auto-hipnose é recomendado realizar uma consulta com um profissional reconhecido da área.

Esperamos que tenha gostado desse artigo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy