Take a fresh look at your lifestyle.

Conheça a relação entre qualidade vida e saúde bucal

0 63

Conheça a relação entre qualidade vida e saúde bucal

Geralmente quando pensamos em bem-estar, associamos a melhora do estilo de vida com os hábitos do cotidiano, a frequência da prática de esportes e o investimento em uma alimentação balanceada. No entanto, qualidade de vida e saúde bucal podem estar mais relacionadas do que se imagina.

A Organização Mundial da Saúde relaciona qualidade de vida como sendo a percepção individual de pertencimento no contexto social, cultural e nos sistemas de valores, em comparação com os desejos e expectativas pessoais.

Desta forma, o nível de satisfação com o bem-estar pessoal pode ser diretamente influenciado pela excelência das nossas relações pessoais, a percepção de autovalor e até a nossa autoestima. 

Inclusive, tais aspectos se correlacionam diretamente com a saúde e aparência do sorriso, bem como com a saúde geral.

Saúde bucal e qualidade de vida

Os dentes e o sorriso são as principais características que percebemos quando nos olhamos no espelho, bem como o atributo mais relevante que é notado em um primeiro encontro. 

Assim, ter cuidado com a saúde e beleza dos dentes pode influenciar no nosso senso de orgulho e em vários aspectos do dia a dia.

Conheça a relação entre qualidade vida e saúde bucal para a Autoestima

Investir em um plano odontologico que cubra consultas de rotina pode auxiliar na correção de doenças causadas por bactérias bucais, como a cárie e as periodontites que, com o tempo, podem estragar a estética dos dentes e causar problemas desagradáveis como o mau hálito ou o acúmulo de tártaro.

Esse tipo de problema pode não parecer impactante logo de cara, mas ele influencia na autoconfiança e reflete nas interações sociais do cotidiano, seja na vida pessoal ou em relações mais profissionais, principalmente porque nas versões mais graves pode causar até a perda dental.

Ter dentes mais bonitos, por meio do cuidado clínico ou estético, é tão importante para as pessoas que estima-se que nos últimos cinco anos a dentística tenha tido um aumento de mais de 300% na procura por tratamentos que deixem o sorriso mais brilhante ou simétrico.

A notícia boa é que a maioria das empresas que oferecem o convenio odontologico, por serem regulamentadas pela Agência Nacional de Saúde, oferecem os tratamentos de cura de doenças e limpezas regulares obrigatoriamente em todos os planos, desde os mais básicos até versões de planos mais complexos.

Convívio social

Os impactos que o bem-estar bucal tem na autoestima são tão notáveis que até as empresas têm começado a investir, com maior regularidade, em planos odonto empresarial para os seus funcionários.

Isso porque, além de ter um custo baixo e ser dedutível no imposto de renda, quando o paciente conserta falhas em dentes quebrados ou substitui uma faltante, ele se sente mais orgulhoso de sua aparência e isso se reflete imediatamente nas suas relações.

Com isso, nota-se a melhora no engajamento em reuniões, o aumento da produtividade, a concentração é aperfeiçoada e o trabalho em grupo acontece com mais fluidez. 

O melhor de tudo, é que essa energia é contagiante para todo o setor e o convívio fica mais leve e positivo.

Contudo, para além desse cenário, os autônomos que geralmente lidam pessoalmente com os clientes também podem usufruir desses benefícios com a contratação do plano dental para MEI, tendo contatos mais positivos.

Prevenção de doenças

A melhoria cosmética é importante, mas o cuidado com a saúde é primordial.

Assim, além do costume diário de higiene bucal, três vezes ao dia, é recomendado que todos os pacientes realizem consultas de rotina no dentista a cada seis meses.

Essas visitas são importantes para a remoção de placas bacterianas e do tártaro, causadores de inúmeras doenças que podem vir a se espalhar para todo o organismo. 

Por esse motivo elas são sinônimos de segurança para o paciente e são boas opções para as pessoas que possuem um CNPJ.

Afinal, por meio de um plano odontologico para MEI e as consultas frequentes, é possível evitar imprevistos que podem afetar o andamento do seu negócio e a saúde necessária para a realização de diversas atividades cotidianas.

Melhoras na saúde geral

Uma boa saúde bucal pode, ainda, influenciar a qualidade de vida com a melhora proporcionada pelo restabelecimento da funcionalidade da mordida, após o tratamento da má oclusão – anormalidade posicional das arcadas dentárias.

Essa condição de dentes que não se encaixam apropriadamente é capaz de causar:

  • Dores na cabeça, mandíbula e pescoço;
  • Dificuldade na fala;
  • Mastigação prejudicada;
  • Dificuldade na ingestão de certos alimentos;
  • Problemas articulares na ATM;
  • Maior probabilidade no desenvolvimento de cáries e periodontites.

Nesse sentido, evitar doenças como a periodontite – inflamação bacteriana dos ossos maxilares – é essencial para a manutenção de uma saúde mais forte e garantir a qualidade da mastigação, por exemplo.

Estudos mostram que esse tipo de enfermidade é uma das principais responsáveis pelo desenvolvimento de doenças cardíacas, gastrointestinais, suscetibilidade à pneumonia e até por causar o parto prematuro em gestante.

Assim, é notável que os cuidados dentais são tão fundamentais para a garantia de uma boa e sustentável qualidade de vida, quanto os esforços por uma saúde mental mais equilibrada ou a escolha certa de alimentos. 

Por isso, repensar os hábitos de higiene bucal pode ser o primeiro passo para a melhora em todo o estilo de vida.

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares

 

Leia também: Hábito Por Que É Tão Difícil Mudar ?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy