Take a fresh look at your lifestyle.

Garçom salva família de afogamento no mar depois de ouvir gritos de “socorro”

22

O jovem Guilherme Tawan dos Santos, de 18 anos, tornou-se herói em Mongaguá, no litoral de São Paulo, por salvar três pessoas de uma mesma família, que se afogavam no mar.

Quando Guilherme chegou ao quiosque em que trabalha, em Mongaguá, no litoral de São Paulo, no domingo, 9 de fevereiro, imaginou que seria um dia como todos os outros, mas logo foi surpreendido com um acontecimento inesperado. Enquanto se arrumava para dar início ao expediente, ele identificou gritos vindos da praia do bairro Vera Cruz, conforme contou ao G1. Os gritos eram de uma família que estava se afogando no mar.

Um amigo também ouviu os gritos e ambos correram em direção à água, para lhes prestar ajuda. Quando Guilherme chegou perto, percebeu que havia três pessoas se afogando: um homem, uma criança e uma adolescente. Elas estavam a cerca de 30 metros da faixa de areia.

Seu amigo, que não foi identificado, não conseguiu chegar até as vítimas, e foi nesse momento que Guilherme percebeu que a missão de ajudar aquelas pessoas seria dele. Na entrevista, o jovem disse que pediu fôlego a Deus e entrou no mar.

Ele nadou em direção àquelas pessoas e foi retirando uma a uma, com ajuda do colega, que ficou na parte mais rasa.

Quando resgatou a segunda vítima, Guilherme disse que já estava perdendo o fôlego, mas respirou mais uma vez, precisava resgatar a última. Foi nesse momento que os guarda-vidas chegaram e ajudaram o rapaz a finalizar o salvamento.

Depois de tudo terminado, o jovem garçom sentia dores e estava quase sem fôlego, mas extremamente grato pela grande ajuda que conseguiu prestar à família. Ele não teve contato com as pessoas resgatadas, mas contou que um dos familiares, que não estava no mar, agradeceu-o por tudo o que fez.

O jovem finalizou dizendo que não sabe o que teria acontecido àquelas pessoas se ele e seu amigo não tivessem escutado os gritos, porque a praia estava vazia e os bombeiros demoraram a chegar, e que agradece a Deus por lhe permitir salvar aquelas pessoas.

O salvamento despertou um desejo especial no coração de Guilherme, ele disse que fará um curso de guarda-vidas na próxima temporada, para que esteja mais bem preparado para ajudar aqueles que precisam.

Que experiência, não é mesmo?

Certamente, o momento do salvamento não foi nada fácil para Guilherme, porque a vida daquelas pessoas, naquele momento, dependia de sua ajuda, mas a oportunidade de tê-las resgatado lhe trouxe gratidão e um grande propósito.

Ainda bem que essas pessoas puderam contar com a força e a coragem do jovem garçom.

Compartilhe essa incrível história de heroísmo em suas redes sociais!

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. Direitos autorais da imagem de capa: arquivo Pessoal e Raul Izar/Prefeitura de Mongaguá.

O post Garçom salva família de afogamento no mar depois de ouvir gritos de “socorro” apareceu primeiro em O Segredo.

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy