Take a fresh look at your lifestyle.

Os benefícios de uma alimentação saudável

0 15

Os benefícios de uma alimentação saudável

É claro que uma alimentação saudável inclui essas recomendações, mas isso não é tudo. Uma alimentação adequada, consciente e nutritiva é um dos pilares de uma vida equilibrada com saúde física e mental completa.

 

A alimentação é uma parte fundamental para manter o equilíbrio do corpo, reduzir o risco de infecção ou inflamação e aumentar a imunidade e as defesas do corpo. Combinado com exercícios, bom sono e hidratação adequada, estar ciente do que você come pode garantir a saúde e o bem-estar físico, mental e emocional geral.

Os benefícios de uma alimentação saudável

Quais são os benefícios de uma alimentação saudável?

Investir em sua dieta é como gastar menos recursos em medicamentos, já que seu principal objetivo é se manter saudável.

 

Embora não seja fácil iniciar o processo de reeducação alimentar, com a ajuda de um nutricionista e motivação, é possível encontrar o equilíbrio e alcançar uma crescente saúde e qualidade de vida.

 

Confira alguns dos benefícios que vão convencê-lo a incorporar uma alimentação balanceada no seu dia a dia. Transforme-o em uma ferramenta para se motivar e mudar sua relação com a comida.

 

1. Apoia o bom funcionamento do corpo

A energia é necessária para suportar todas as atividades do corpo. Isso significa que precisamos comer os alimentos que nos fornecem o combustível necessário para manter tudo funcionando.

 

2. Prevenir doenças

Você conhece a frase “você é o que você come”? Embora pareça banal, essa ideia é verdadeira. Uma alimentação balanceada e rica em nutrientes previne doenças graves e crônicas como hipertensão, diabetes, gastrite, alergias e outras.

 

Além disso, o consumo regular de alimentos processados ​​ricos em gorduras trans, açúcares, aditivos químicos, hormônios e agrotóxicos também pode causar uma série de problemas.

 

3. Melhora a qualidade de vida

Quando você muda sua dieta e consome nutrientes regularmente, sua qualidade de vida melhora. Dê preferência a produtos naturais e a um estilo de vida saudável. Limpe mais e desembale menos.

 

4. Dá mais energia ao corpo

A comida é nossa amiga, ela nos ajuda a ter mais energia e energia durante o dia. Aqueles que comem bem são claramente mais inclinados até mesmo para as atividades cotidianas.

 

Os produtos termogênicos são muito indicados, por exemplo, para quem leva um estilo de vida agitado e gasta muita energia. Alguns exemplos de alimentos termogênicos são canela e gengibre.

 

5. Aumenta a vida útil

A longevidade está diretamente relacionada a hábitos saudáveis, isso não é segredo para ninguém. E, claro, uma alimentação equilibrada faz parte disso. Alguns alimentos ainda têm a capacidade de retardar o envelhecimento, como azeite, alho, chá verde, tomate, vegetais verde-escuros, frutas vermelhas e outros.

 

6. Melhorar a qualidade do sono

Se você tem problemas para dormir, mudar sua dieta pode ajudá-lo a se livrar da insônia. Em primeiro lugar, evite comer grandes refeições à noite. Coma cedo e coma algo leve antes de dormir. Alguns alimentos que podem ajudá-lo a descansar melhor: maracujá, linhaça, aveia, leite morno, couve, salmão, arroz integral, alface, gergelim.

 

7. Ajuda a controlar o peso

Esse é um benefício que muitas pessoas buscam para controlar ou emagrecer. Mas vale ressaltar que para emagrecer não basta apenas seguir uma dieta, é preciso combinar diversos fatores para que a perda de peso ocorra de forma saudável e permanente.

 

Dieta, exercícios, uma boa noite de sono, check-ups médicos oportunos e evitar o estresse são alguns dos pontos importantes para criar um novo estilo de vida.

 

O que comer para continuar comendo direito?

A nutrição adequada não está necessariamente relacionada à quantidade de alimentos ingeridos. Na verdade, tudo se baseia em uma ingestão equilibrada de frutas, verduras, legumes, grãos, nozes, carnes, laticínios e frutos do mar.

 

Devemos comer pelo menos uma porção de cada um dos três grupos de alimentos diariamente: construtores (proteínas), reguladores (vitaminas, fibras e minerais) e fontes de energia (carboidratos e lipídios).

 

Alguns exemplos de produtos de cada grupo:

 

  • Construtores: leite, ovos, queijo, carne, peixe, frango, soja, lentilha, ervilha, feijão;

 

  • Reguladores: Legumes, frutas, verduras;

 

  • Bebidas energéticas: pão, massa, milho, arroz, batata, açúcar, farinha, mel, bolos.

 

É muito importante contar com o apoio de profissionais para elaborar um cardápio variado, nutritivo e que atenda todas as necessidades do nosso organismo.

 

Interessado na área? Confira o Curso de Saúde, Nutrição e Alimentação!

 

Continue lendo nosso site!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy