Take a fresh look at your lifestyle.

Vizinhos fazem mutirão para cuidar da lavoura de família que deixou o lar para tratar de filhas doentes

74

Notícias positivas e inspiradoras merecem ser compartilhadas, e hoje trouxemos uma muito especial, que renova a nossa esperança na bondade do mundo.

Uma família de Córrego da Jacutinga, na zona rural de Alto Jequitibá (MG), está enfrentando um grande desafio. Adauto e Josiane são pais de duas meninas, de 7 anos e 13 anos, ambas com miocardiopatia dilatada, problema sério no músculo do coração, que impede o bombeamento de sangue para o corpo, ocasionando arritmia e outros sintomas. As filhas ainda enfrentam miopatia congênita, doença que provoca fraqueza nos músculos.

Há algum tempo, a mais velha teve sérias complicações e a família precisou se mudar para Belo Horizonte, por um tempo, para que a menina recebesse o tratamento adequado.

Com isso, a família deixou para trás sua lavoura, de aproximadamente 12 mil pés de café.

Eles estavam preocupados e com medo de perder a plantação pela falta de cuidados, mas felizmente tudo deu certo graças à empatia e à bondade de seus vizinhos.

Um grupo de cerca de 20 pessoas, que conhece a família e a luta com as filhas, começou a cuidar da roça, e posteriormente se mobilizou, junto com parentes da família, para conseguir 94 homens para roçar e adubar a lavoura, e mantê-la em boas condições.

Eles conseguiram realizar o trabalho em menos de uma hora, e a notícia tocou profundamente o coração do casal.

‘Não tenho palavras para agradecer por tanto carinho. Sem a bênção de Deus e sem o apoio dessas pessoas, nós não conseguiríamos superar’, disse Josiane.

No entanto, a alegria não foi apenas deles, mas também das pessoas que participaram da ação e experimentaram os benefícios do amor ao próximo. Um deles foi Lucas Ferreira, primo da família: “Eu me senti muito emocionado. Foi lindo! Todos ajudaram com alguma coisa, uns menos, outros mais, mas todos com o mesmo propósito: ajudar sem interesse, por amor mesmo, entende? Isto não tem preço”, contou.

E esse tipo de gentileza não é algo raro para esses vizinhos. No ano passado, um deles, o produtor Faberli, também deixou o seu lar de lado para acompanhar o tratamento do filho que estava com câncer. Sabendo disso, os vizinhos se uniram e colheram, em três dias, quase mil balaios de café em sua propriedade para ajudá-lo.

“Sempre que alguém se machuca ou fica doente, a comunidade se reúne para ajudar”, disse Lucas.

Em Belo Horizonte, Adauto e Josiane também foram ajudados por familiares e amigos, que os hospedam e também lhes oferecem transporte para o hospital. “Só Deus pode retribuir tudo o que estão fazendo”, disse Josiane, com muita gratidão.

Isso é um exemplo de união e boa vizinhança. Quando todos se ajudam, o fardo não fica pesado demais para ninguém. É esse tipo de atitude que deve ser semeado entre vizinhos.

Um grande exemplo de Alto Jequitibá.

Compartilhe-o em suas redes sociais!

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. Direitos autorais das imagens utilizadas no texto: reprodução/Facebook Jose Carlos Lovantino e arquivo pessoal.

O post Vizinhos fazem mutirão para cuidar da lavoura de família que deixou o lar para tratar de filhas doentes apareceu primeiro em O Segredo.

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy